Factuais

Cinco estados somam alta de 145% em queimadas na Amazônia Legal

Novos brigadistas

Bruno Pacheco – Da Cenarium MANAUS (AM) – Na semana em que foi publicado o relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC – sigla em inglês) alertando sobre uma emergência climática no mundo, um levantamento da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) do Amazonas divulgado nessa terça-feira, 10, mostrou que, entre 1º de janeiro […]

Compartilhe:






Factuais

Amazônia concentra 60% dos conflitos contra trabalhadores do campo, indígenas e quilombolas

Iury Lima – Da Revista Canrium VILHENA (RO) –  A 35ª edição do relatório anual ‘Conflitos no Campo Brasil’, elaborado pela Comissão Pastoral da Terra (CPT), publicado no final de maio, apontou que as disputas agrárias cresceram exponencialmente entre os dois primeiros anos de governo de Jair Bolsonaro. Segundo o documento, a Amazônia sozinha representa […]

Compartilhe:



Factuais

Vacina contra Covid-19 alcançou apenas 6% da população na Amazônia Legal

Carolina Givoni – Da Revista Cenarium MANAUS – Um levantamento feito nesta quinta-feira, 1º, mostra que apenas 6% da população da Amazônia Legal foi imunizada com a primeira dose da vacina contra Covid-19. Proporcionalmente, Amazonas com 10,09%, Roraima, 6,55%, e Pará, 6,25%, lideram o ranking dos nove Estados que compõem a região, de acordo com o site Coronavírus […]

Compartilhe:

A AUTORA

Graduada em Jornalismo, Paula Litaiff é diretora executiva da Revista Cenarium e Agência Amazônia, além de compor a bancada do programa de Rádio/TV “Boa Noite, Amazônia!”. Há 17 anos, atua no Jornalismo de Dados, em Reportagens Investigativas e debate de temas sociais. Escreveu para veículos de comunicação nacional, como Jornal Estado de S. Paulo e Jornal O Globo com pautas sobre Amazônia. Seu trabalho jornalístico contribuiu na produção do documentário Killer Ratings da Netflix.

Paula Litaiff é Diretora de Redação em

O SITE

O Site da Paula Litaiff tem como principal finalidade a emissão de opinião sobre diversos temas sociais, políticos e econômicos, levando o leitor à reflexão sobre a importância de se tornar um agente transformador da sociedade.


Tenho medo de escrever. É tão perigoso. Quem tentou, sabe. Perigo de mexer no que está oculto – e o mundo não está à tona, está oculto em suas raízes submersas em profundidades do mar. Para escrever tenho que me colocar no vazio. Neste vazio é que existo intuitivamente. Mas é um vazio extremamente perigoso…

(in Um Sopro de Vida | CLARICE LISPECTOR)