#Factuais

No AM, presidente da Câmara autoriza compra de cafeteira por R$ 10 mil a unidade

Presidente da CMM, Joelson Silva, autorizou a compra do equipamento e documento do Diário Oficial viralizou nas redes sociais (Reprodução/ internet)

Por Paula Litaiff e Carolina Givoni

MANAUS – Um despacho assinado pelo presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), Joelson Silva (Patriotas), na terça-feira, 8, autorizou a compra de duas máquinas de café profissionais no valor de R$ 10.170, cada. Apesar das aquisições atribuídas à empresa estarem sob condição de menor valor de aquisição, os produtos adquiridos na internet apresentam preços 60% menores do que o apresentado como inferior na licitação da Câmara.

Na internet é possível encontrar os produtos listados na documentação com preços abaixo do apresentado pela organização. Com valores a partir de R$ 4.103,95, a compra efetuada pela CMM apresenta R$ 6.066,05 reais a mais em cada unidade. Na somatória, o valor de aquisição custou R$ 20.340,00 pelas máquinas, o que representa 60% de superfaturamento, ou seja, R$ 12.132,10 a mais pela mesma cafeteira.

A descrição do produto sugere a compra de duas unidades de uma “máquina de café 40 litros, bojos em aço inoxidável, resistência blindada de alta performance, três torneiras, termostato para controle de temperatura, visor de nível para reservatório de água”, de marca Universal, não especificando modelo.

Empresa de alvenaria

Como vencedora da licitação, a empresa contratada é COMEX TRADE COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA, fundada em 26/06/1992 e inscrita no CNPJ n.º 84.110.972/0001-29, com nome social “Comextrade comercio e servicos LTDA”. Sediada na Avenida Carvalho Leal, bairro Cachoeirinha, Zona Sul da capital amazonense, a companhia tem como atividade principal obras de alvenaria.

Fachada da empresa, localizada na Avenida Castelo Branco, bairro Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus (Reprodução/ Google)

O despacho, assinado por Joelson trata-se de um documento de mero expediente, medidas homologatórias de conta liquidatória que dispensam maior fundamentação, por implicitar suposta anuência de juízo quanto à conformidade dos cálculos para decisão sobre o mérito da licitação.

Posicionamento

Em nota divulgada, a Câmara Municipal de Manaus (CMM) informa que está tentando adquirir duas máquinas industriais de café para substituir as que estão na copa da instituição e que possuem mais de 13 anos de uso.

“Nas máquinas são preparados os tradicionais cafezinhos, servidos tanto para os vereadores, como aos servidores da casa e público externo”, diz trecho.

A CMM esclarece ainda que o equipamento ainda não foi adquirido, e que a divulgação no Diário Oficial é apenas uma previsão de compra, que só ocorre após a emissão de nota de empenho ao fornecedor.

Citando ainda características dos objetos, a CMM afirma que a aquisição visa maior duração de uso, esclarecendo que, “para a aquisição do material, está seguindo todo o procedimento padrão previsto na legislação, com os trâmites devidamente publicados no Diário Oficial do Legislativo Municipal”, finaliza a nota.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*

A AUTORA

Graduada em Jornalismo, Paula Litaiff tem especialização em Gestão de Políticas Sociais. Há 15 anos na profissão, atua no Jornalismo de Dados e em Reportagens Investigativas. Produziu matérias para veículos de comunicação nacional, como Jornal Estado de S. Paulo e Jornal O Globo. Seu trabalho jornalístico contribuiu na produção do documentário Killer Ratings – Bandidos na TV da Netflix.

Paula Litaiff é Diretora de Redação em

O SITE

O Site da Paula Litaiff tem como principal finalidade a emissão de opinião sobre diversos temas sociais, políticos e econômicos, levando o leitor à reflexão sobre a importância de se tornar um agente transformador da sociedade.


CHARGE DO DIA