#Factuais

CENARIUM fecha produção de conteúdo sobre Amazônia com Portal Cultura Brasil

Andréa Vieira – Da Revista Cenarium MANAUS – A AGÊNCIA CENARIUM, agenciacenarium.com.br, – geradora de conteúdo da Revista Cenarium e TV Web Cenarium – ingressou, nesta semana, na plataforma de um dos maiores sistemas de notícias da América Latina, o UOL, para veicular informações sobre a Amazônia, via PORTAL CULTURA BRASIL, o https://cultura.uol.com.br/, da TV Cultura, sediada em […]

Compartilhe:


#Factuais

Prefeitos do AM fazem autopromoção inconstitucional com ajuda humanitária

Déborah Arruda – Da Cenarium MANAUS – Prefeituras do interior do Amazonas estão realizando, durante este período de cheia, ações sociais, como entrega de alimentos, e aproveitando a ocasião para fazer promoções às suas imagens. Alguns exemplos, divulgados nas redes sociais das próprias prefeituras dos municípios, são Anamã, Rio Preto da Eva e Autazes. Procuradas […]

Compartilhe:

#Factuais

EDITORIAL | Um conselho figurativo, as florestas e a economia

Paula Litaiff – Especial Para Revista Cenarium* O caráter figurativo do Conselho Nacional da Amazônia Legal, criado em 11 de fevereiro de 2020, frente ao desmatamento histórico das florestas, no semestre passado, deve agravar, mais ainda, a economia brasileira, que está em sua décima recessão histórica, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). Tendo como principais […]

Compartilhe:




A AUTORA

Graduada em Jornalismo, Paula Litaiff tem especialização em Gestão de Políticas Sociais. Há 15 anos na profissão, atua no Jornalismo de Dados e em Reportagens Investigativas. Produziu matérias para veículos de comunicação nacional, como Jornal Estado de S. Paulo e Jornal O Globo. Seu trabalho jornalístico contribuiu na produção do documentário Killer Ratings – Bandidos na TV da Netflix.

Paula Litaiff é Diretora de Redação em

O SITE

O Site da Paula Litaiff tem como principal finalidade a emissão de opinião sobre diversos temas sociais, políticos e econômicos, levando o leitor à reflexão sobre a importância de se tornar um agente transformador da sociedade.


Tenho medo de escrever. É tão perigoso. Quem tentou, sabe. Perigo de mexer no que está oculto – e o mundo não está à tona, está oculto em suas raízes submersas em profundidades do mar. Para escrever tenho que me colocar no vazio. Neste vazio é que existo intuitivamente. Mas é um vazio extremamente perigoso…

(in Um Sopro de Vida | CLARICE LISPECTOR)